Informativo

Qual a diferença entre o seguro residencial e o de condomínio?


👉 Quando alguém compra uma residência, a proteção contra possíveis incidentes é algo levado em consideração. Por conta disso, a maioria opta por um seguro que auxilie em situações imprevistas que podem ocorrer no condomínio ou dentro da própria residência.
 
👉 De acordo com o artigo 1346 do Código Civil Brasileiro, o seguro condomínio é obrigatório para condomínios verticais ou horizontai, tanto para os residenciais, como os comerciais, mistos, shoppings centers, flats, apart-hotéis, entre outros. Esse tipo de seguro tem como objetivo proteger o condomínio e suas partes comuns contra riscos parciais e totais de possíveis incêndios, raios ou explosões. Vale destacar que a contratação desse tipo de seguro é responsabilidade do síndico. Portanto, caso aconteça algum incidente no condomínio e este esteja sem seguro, o síndico é responsabilizado pelos danos e obrigado a cobrir as despesas.
 
👉 O seguro residencial é aquele que cobre os possíveis incidentes que possam acontecer dentro da casa ou apartamento. Portanto é uma proteção para o imóvel e para os bens de um morador.

 

Qual a diferença entre o seguro residencial e o de condomínio?



Voltar